Desporto

FC Porto arrecada 50 milhões de euros com empréstimo obrigacionista

A FC Porto SAD arrecadou 50 milhões de euros com um empréstimo

A FC Porto SAD arrecadou 50 milhões de euros com um empréstimo obrigacionista em que a procura superou largamente a oferta de títulos disponível. Uma «operação de grande sucesso», segundo realçou Fernando Gomes, administrador da SAD dos dragões.

«Foi uma operação de grande sucesso. Confesso que estávamos algo apreensivos inicialmente, porque foi a primeira vez que lançámos um empréstimo obrigacionista com direito a troca de obrigações de um antigo empréstimo por outro novo», sublinhou o responsável, em declarações às plataformas de comunicação do FC Porto.

A oferta de troca atingiu os 25 milhões de euros, o mesmo valor alcançado pela oferta de subscrição, num total de 50 milhões de euros, com a procura a ultrapassar os 72 milhões de euros, de acordo com os resultados apurados pela Euronext Lisboa e publicados na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

«Procurávamos diminuir o impacto de um empréstimo obrigacionista que se vence em novembro de 2023. Esta primeira parte foi um sucesso, atingimos o valor que queríamos e minimizámos o impacto do novo empréstimo obrigacionista de 65 para 40 milhões. A segunda parte era conseguir um reforço de tesouraria na ordem dos 15 milhões, podendo chegar a 25, o que aconteceu. Este empréstimo atinge, por isso, o valor que pretendíamos de 50 milhões e congratulamo-nos por uma operação de mercado de capitais com sucesso recorrendo aos pequenos investidores», realçou Fernando Gomes.

No total, participaram 3.916 investidores nesta operação, e o vice-presidente do FC Porto com o pelouro financeiro deixou palavras de agradecimento: «Queremos agradecer à CMVM, à Euronext e sobretudo aos bancos que tiveram aqui um papel informativo muito grande na operação de troca. E também aos pequenos investidores, porque são eles a essência do sucesso dos empréstimos obrigacionistas do FC Porto».

A contrapartida financeira da oferta de troca (prémio pago na operação e os juros decorridos) ronda os 700 mil euros, de acordo com a Euronext.

Por cada obrigação FC Porto SAD 2021-2023 será entregue uma obrigação FC Porto SAD 2022-2025, mais prémio de 0,05 euros e juros corridos próximos de 0,10 euros.

As novas obrigações têm uma maturidade de três anos, até 13 de abril de 2025 e contam com uma taxa de juro nominal bruta de 5,25 por cento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo